Escola da Ilha comemora 26 anos e celebra com alunos e professores
O aniversário de 26 anos da Escola da Ilha-Florescer não podia ter sido comemorado de outra forma senão com muita festa e alegria da parte de todos da família Florescer. Foi celebrando com os alunos e professores que a instituição comemorou mais de duas décadas de qualidade no ensino e dedicação na evolução de seus pequenos aprendizes.

Para celebrar a data, a Escola da Ilha ofereceu, nos dias 30 e 31 de março, recreios festivos, juntamente com um momento cívico, durante as tardes de lazer que a escola proporcionou para seus alunos. Dentre as atividades programadas, camas elásticas, brincadeiras, apresentações teatrais e música entretiveram as crianças e divertiram todos durante dois dias de muita comemoração e várias dinâmicas.

Outro destaque no aniversário da Florescer foi a apresentação da nova versão do hino da nossa escola! Ele foi cantado pelas alunas Naomi Alves Szajbrum, Ana Luiza Alves Szajbrum e Júlia Alves Benevenuto, com a colaboração na produção do professor e músico Sérgio Benevenuto. A apresentação foi um sucesso e animou a todos.

A aluna Ana Luisa Alves, do 3º ano, contou o que achou da experiência: "Fiquei muito nervosa na hora da apresentação, mas valeu a pena. Achei muito legal participar. Fiz a música com minha irmã e minha prima e nos divertimos muito", explica.

Mais uma vez a Escola da Ilha se alegra em poder comemorar mais um ano atuando com destaque na educação infantil e no ensino fundamental na certeza de fazer de seus alunos formadores de opiniões e seres críticos.

A coordenadora do Ensino Fundamental II, Teresa Spinassé comenta: "Nossos alunos não só pertencem a essa Instituição, como são os protagonistas da história que nós construímos até hoje! Criar laços e participar do processo histórico faz deles parte dessa escola. Mesmo daqui a alguns anos, quando não forem mais nossos alunos, ainda serão parte de nós". Parabéns, Escola da Ilha!

 
 

Escola da Ilha-Florescer é destaque no ensino
A Escola da Ilha-Florescer, referência no Estado por seu ensino e preocupação com seus alunos, destaca-se por seu esforço, dedicação e interesse em obter resultados sempre positivos. Uma prova aplicada a alunos de 23 escolas particulares, dentre elas a Escola da Ilha, comprovou o que já era refletido nos muitos anos de educação: a liderança das instituições privadas quando o assunto é o destaque na educação básica.

Segundo a pesquisa, no Ensino Fundamental I, por exemplo, os alunos da Ilha estão acima da média em todas as áreas do conhecimento e quase 70% deles possuem o hábito de estudar em casa. Além disso, os índices comprovam que nas competências específicas de cada disciplina mais de 50% dos alunos da instituição alcançam todas elas e em todas as disciplinas.

A maior parte dos professores possui curso de especialização posterior à graduação, o que justifica a facilidade em lidar com o método de ensino que a Florescer propõe. A Escola da Ilha está acima da média no desenvolvimento de valores e na percepção de alunos e pais. E isso não é à toa. Desde sua concepção, a instituição trabalha o conceito de que educar é ensinar a pensar, trabalhando o protagonismo do aluno e guiando-o na construção conjunta do conhecimento.

"Queremos garantir que nosso aluno tenha acesso ao que há de melhor. Isso significa que queremos que ele obtenha sucesso profissional, consiga bons resultados nas demais etapas de sua formação e se torne um cidadão capaz de pensar, ser crítico e de tomar suas decisões. Consideramos também que a escola é, fundamentalmente, lugar de transmissão de cultura e valores necessários para a vida no coletivo. Os resultados dos nossos alunos mostram que estamos no caminho certo: os conteúdos estão sendo muito bem trabalhados, mas, mais que isso, estamos formando pessoas com valores sólidos, visão crítica e preparadas para um mundo em transformação" comenta a psicanalista e diretora da Escola da Ilha-Florescer, Cecília Oliveira.

Resumo: A Escola da Ilha está acima da média no desenvolvimento de valores. E não é pra menos: a escola acredita, há 26 anos, que educar é ensinar a pensar e trabalha este conceito com seus alunos e funcionários.

 
 

Escola da Ilha promove formação continuada para desenvolvimento da equipe
Preocupada não só com o desenvolvimento de seus alunos, mas com a qualidade do trabalho que é oferecido a eles, a Escola da Ilha-Florescer inseriu em seu planejamento deste ano o curso de formação continuada para suas equipes pedagógica (professores, gestores e coordenadores) e administrativa.

O curso prepara os profissionais por meio de palestras, oficinas e debates. O objetivo é capacitá-los para diferentes tipos de trabalhos e promover líderes em diversos grupos, além da melhora do atendimento e do serviço prestado, no caso da equipe administrativa.

As atividades são mensais e a primeira fase, que ocorreu no dia 22 de março, contou com uma conversa sobre liderança e trabalho em equipe, ministrada pela consultora em comunicação e marketing Christine Mendonça. Já a segunda atividade, foi conduzida pelo auxiliar administrativo da Escola da Ilha Diego Ramos da Vitória.

A terceira fase do curso, no dia 25 de abril, contou com a participação de grande parte da equipe Florescer e movimentou mais uma vez a Escola da Ilha!

 
 

Projeto incentiva alunos a desenvolver hábitos saudáveis
Com o objetivo de alertar a sociedade sobre a importância de ter bons hábitos alimentares para garantir uma boa saúde, a Escola da Ilha-Florescer criou o projeto "Em dia com a saúde". Nele, os alunos envolvidos elaboram um cardápio saudável para a alimentação básica do dia-a-dia e participam de aulas dinâmicas fora da escola, onde aprendem na prática o valor nutritivo e a importância de cada alimento da lista de compras produzida.

O aluno Leonardo Venturim Hamsi, do 5º ano do Ensino Fundamental, explicou que depois que começou a participar do projeto já conseguiu adquirir novos hábitos na alimentação: "Eu já comia cenoura e maçã, mas agora aprendi a comer vagem e pêra também. E estou gostando de experimentar frutas diferentes", conta.

No próximo mês, a escola vai às compras com o 5º ano no supermercado São José, na Praia do Canto. Lá, eles vão poder comprar os ingredientes para os lanches do cardápio e receberão orientações das professoras sobre o assunto. O projeto, que envolve as disciplinas de matemática, português, ciências e geografia, tem duração de três meses e é acompanhado passo-a-passo pela coordenação e direção pedagógica da Ilha.

 
 

Projeto do Ensino Fundamental II leva alunos a parques e reservas ecológicas
Os alunos do ensino fundamental II da Escola da Ilha Florescer estão adorando o novo projeto da instituição para as turmas do 7º e 8º anos. O motivo é simples: através de visitas estudantis, as turmas visitam pontos turísticos do nosso estado e aproveitam para conhecer diferentes tipos de vegetação, trabalhar a melhoria de qualidade de vida e também a preservação do meio ambiente.

Entre os locais escolhidos para o trabalho com as turmas está o Parque Pedra da Cebola, onde os alunos puderam estudar novas espécies de plantas e entender a importância das áreas verdes para a qualidade de vida nas cidades, além de outros aspectos geográficos, como a formação geológica do terreno visitado.

Outra região visitada foi o Centro de Desenvolvimento sustentável Guaçu-Virá, em Venda Nova do Imigrante, onde os estudantes podem ampliar seus conhecimentos sobre valorização ambiental e desenvolvimento sustentável. Esses conceitos também foram reforçados na visita ao Parque Estadual Paulo César Vinha, onde se encontram dunas, manguezais, mata, vegetação de restinga e lagoas, importantes para o estudo de áreas verdes e ecossistemas naturais, além de poderem observar animais como ouriço, cegonha e bicho-preguiça.

Os três pontos são reservas ambientais que apresentam espécies animais ou vegetais bastante atrativas e peculiares para pesquisas de estudo de grupos de diversas idades. O projeto é acompanhado pelo professor Fábio Poles Brito e também pela coordenação pedagógica da escola. Após as visitas, todas as turmas trabalham o tema estudado no dia dentro da sala de aula. Haja fôlego para tanta aventura!